23 de ago de 2015

INTERVENÇÃO PSICOPEDAGÓGICA: ESPAÇO GEOGRÁFICO

http://criancaeaprendizagem.blogspot.com/



ATIVIDADES PARA TRABALHAR O ESPAÇO GEOGRÁFICO



Algumas Crianças apresentam dificuldade de se localizarem no tempo e espaço. Às vezes nem conseguem lembrar o dia da semana e o mês e, até confundem cidade com país. Este tipo de confusão tenho encontrado entre as idades de 8 e 12 anos. 

Na Educação Infantil a organização espacial é explorada gradativamente, através de diferentes recursos, no qual a criança possa ir explorando e descobrindo que existem diversos objetos organizados de forma diferente, no espaço. Conforme a figura abaixo: 


EXPLORANDO OS OBJETOS

A partir da Educação Infantil, a criança passa a dar os seus primeiros passos em direção ao objeto de estudo. Conseguindo desenhar (garatuja/rabisco) o que estão enxergando ou simplesmente o que lhe chamou atenção. Percebe-se que através da técnica da expressão gráfica, a exploração espacial vai sendo expressada em "pequenas" cenas, no canto da folha de desenho. O espaço físico da folha de ofício deverá ser estimulado, ou seja, desafiado, para que a criança possa perceber que existem outros espaços em brancos, a serem preenchidos. Conforme a figura abaixo:

EXPLORANDO O ESPAÇO FÍSICO DA FOLHA

Essa caminhada tempo espacial vai sendo construída desde a Educação Infantil. Quando a criança chega ao Ensino Fundamental, já tem a noção de tempo e espaço, quero dizer, consegue diferenciar o dia da noite, se um objeto está perto ou longe e entre, outros.

No entanto, alguns pré-adolescentes tem apresentado dificuldade na área tempo-espacial. Em virtude desta dificuldade, venho propor a técnica do Campo de Futebol. Parece estranho, mas, posso afirmar que essa técnica me ajudou na intervenção com um pré-adolescente, estudante do 3º Ano, do Ensino Fundamental.

CAMPO DE FUTEBOL

Técnica: Campo de Futebol
Procedimento: Propõe-se ao Aprendiz a construção de um campo de futebol, com técnicos, jogadores e times. 
Material: 1 folha de isopor, 22 tampinhas de garrafa (duas cores diferentes), cola, tinta verde e branca, pincel, duas latas para guarda as tampinhas, 4 copinhos de cafezinho, 1/2 cartolina verde, 4 palitos de picolé, marcador preto permanente e 2 fitas adesivas.

CONFECÇÃO DO CAMPO


Metodologia

1ª etapa:
A cada encontro o campo foi sendo construído, passo a passo, conforme a figura acima. Primeiro realizou-se a pintura do campo, com a tinta verde e, com a tinta branca foram feitas as marcações. E, em seguida foram sendo construídos e distribuídos os seguintes objetos: as goleiras, os copinhos c/ as bandeirinhas verdes, conforme as figuras abaixo:
DISTRIBUIÇÃO DOS OBJETOS 
Esta 1ª etapa foi finalizada a partir da escolha dos times e jogadores, sendo portanto, identificados nas tampas e nas latas, conforme as figuras abaixo:



IDENTIFICAÇÃO DOS TIMES
   2ª etapa:

JOGO  


OLHAR PSICOPEDAGÓGICO

As intervenções estavam focada no posicionamento do Aprendiz, em "construir" algo, ou seja, Ser o Autor de sua própria "produção". 
A mediação foi de transformação, ao propor a utilização de material de sucata, na confecção do campo de futebol.  
A dinâmica foi compartilhada entre, a Psicopedagoga e o Aprendiz, sendo executada em conjunto.
A psicopedagoga como coautor, então, as intervenções foram ocorrendo durante a construção:
  • De que forma poderíamos construir um campo de futebol com dois times;
  • Que tipo de objetos poderíamos utilizar;
  • Você poderia descrever um campo de futebol?
  • Como os jogadores são distribuídos em campo?
  • Quais serão as regras do jogo?
  • Qual foi o seu aprendizado e aonde irá ajudá-lo?
Percebe-se que a técnica do Campo de Futebol possibilita perceber como os objetos se movimentam no espaço, além de terem uma função e uma localização especifica. O futebol trás em si um "olhar de cooperação", ou seja, o time (todo) na realidade "é uma equipe". 

Outra técnica para trabalhar o espaço geográfico é a "Amarelinha", através da trilha, conforme as figuras abaixo:




Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...